quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Jovem é curado de epilepsia com ajuda de robô que mapeou seu cérebro

O jovem britânico Billy Whitaker, de 15 anos, passou por uma cirurgia que aparentemente deu fim aos ataques diários de epilepsia que ele sofreu durante 7 anos consecutivos. O procedimento foi realizado com a ajuda de um robô de US$ 2 milhões, no Hospital Infantil de Bristol.
A nova tecnologia, foi usada pela primeira vez em Billy pelo hospital, consiste em um conjunto de eletrodos extremamente sensíveis que são instalados no interior do cérebro do jovem; e então, o robô realiza uma série de incisões minúsculas, com perfurações de apenas 1 mm de espessura.
Com esses eletrodos, os médicos conseguiram identificar o ponto exato onde a falha ocorria no cérebro do jovem, além de mapear detalhadamente cada parte do órgão de Billy, ajudando os médicos a criarem um caminho até o ponto a ser tratado.

“Nós podemos usar o robô para definir trajetórias extremamente seguras e de alta precisão através do tecido cerebral, para que possamos implantar uma série de eletrodos através de pequenos buracos no crânico, com pequenas incisões de perfuração, diretamente nas áreas que queremos”, explicou o neurocirurgião Michael Carter, ao elogiar o novo equipamento.
Billy já havia passado por um procedimento como esse anteriormente, tendo uma porção de seu lobo temporal direito removida. Embora tenha sido bem sucedida, a operação só parou a epilepsia por um tempo: após um ano, o garoto voltou a sofrer com a doença - e os medicamentos utilizados para controlá-la não faziam mais efeito.
De acordo com o site SWNS, os especialistas esperam ter se livrado da doença de uma vez por todas com o novo procedimento. Billy afirma estar ansioso para voltar a praticar esportes e tirar sua carteira de motorista, coisas que são proibidas para pessoas com epilepsia. 


Fonte: Rede Tv Noticias




2 comentários:

  1. Te enviei um convite no diHITT!!! Seguindo teu Blog!!! Um abraço!!!
    http://www.luceliamuniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir